quinta-feira, 7 de abril de 2011

Medo da felicidade


Eu poderia jogar tudo para o alto, poderia dizer que vou mudar a minha vida, dizer que vou mudar. Eu poderia sair de casa, ter uma vida própria, só e independente. Como se vida me permitisse tais loucuras. Como se eu mesma me permitisse. Talvez eu esteja mesmo presa para sempre ao meu mundo: restrito, triste, vazio. Talvez a ousadia esteja fora do meu pequeno dicionário. Ainda estou triste, confusa, com medo e, principalmente, só.

Talvez tudo seja inevitável, talvez eu seja o problema, talvez isso não seja um problema para mim.

Continuo vivendo...

Sem coragem de mudar, medo de errar e vontade de ser mais feliz ...

Continuo vivendo ...

---Andressa

2 comentários:

ManuSampaio disse...

Já seguindo! Bjuss

blogandoetecendo.blogspot.com

Line Ferraz disse...

Ownt que texto lindo!
Traduziu tudo o que eu estou sentindo ultimamente! *-*

Toh seguindo!

Um beijo, L.

miss-scd.blogspot.com